HISTÓRIA

Tudo começou com António da Silva Pereira Vaz que com apenas 12 anos já auxiliava o pai na faina da laboração do pão. Naquela altura era distribuído de canastra à cabeça, pelas freguesias do Norte de Portugal. Sendo António Vaz o filho mais velho de 11 irmãos, a sua maturidade depressa se evidenciou. Com os ensinamentos que recebeu do seu pai, brotou rapidamente a ambição de dar continuidade ao negócio, adquirindo-o mais tarde. Casado com Maria José, os dois formaram a equipa perfeita. António, com uma excelente visão comercial e produtiva e Maria José como o seu braço direito e força incansável de entusiasmo.

Em 1968 estas duas forças deram início à subida de mais um degrau no negócio, com a construção de uma unidade industrial em Guimarães. Esta foi a rampa de lançamento para a abertura de vários depósitos de venda de pão, alocados em várias cidades do Norte do país. Assim, em 1983, António abria a primeira loja em Guimarães, com o conceito “Pão Quente”. Estes postos de venda ao público seriam inovadores e pioneiros no que respeita ao conceito. A loja passa então a não depender da produção central e a produzir na loja produtos de padaria e pastelaria, colocando ao dispor dos clientes, fornadas de produto quente, a sair do forno ao longo do dia.

A empresa passou inicialmente a ser conhecida pelo “Pão Quente Celeste” e mais tarde ao nome actual “Grupo Celeste”. A paixão pela arte da panificação foi acompanhada pela família de António  e desta forma, os seus testemunhos e valores foram transmitidos para a 2ª geração que em 2003 assume a gestão do Grupo Celeste. De visão empreendedora e dinâmica, aliada ao forte know-how do negócio, acompanhada de uma determinação irrepreensível, a nova geração não se limitou a replicar o negócio até então existente. Em 2005 iniciou uma forte aposta na indústria e em 2013 na internacionalização.

Em Portugal, para além da rede de lojas no Norte do país, o Grupo Celeste conta com duas unidades industriais que lhe permite estar entre os mais reconhecidos fornecedores da grande distribuição. A sua expansão estendeu-se também além-fronteiras. O Grupo está desde 2013 implementado no Luxemburgo, com 1 unidade industrial, um supermercado, dois restaurantes e duas padarias, tornando o nome do Grupo Celeste num ícone de referência e um líder de mercado na produção e distribuição de produtos portugueses no país.

Tudo começou com António da Silva Pereira Vaz que com apenas 12 anos já auxiliava o pai na faina da laboração do pão. Naquela altura era distribuído de canastra à cabeça, pelas freguesias do Norte de Portugal.                                                                               Sendo António Vaz o filho mais velho de 11 irmãos, a sua maturidade depressa se evidenciou. Com os ensinamentos que recebeu do seu pai, brotou rapidamente a ambição de dar continuidade ao negócio, adquirindo-o mais tarde.                           Casado com Maria José, os dois formaram a equipa perfeita. António, com uma excelente visão comercial e produtiva e Maria José como o seu braço direito e força incansável de entusiasmo.

P9
P5

Em 1968 estas duas forças deram início à subida de mais um degrau no negócio, com a construção de uma unidade industrial em Guimarães.                                                         Esta foi a rampa de lançamento para a abertura de vários depósitos de venda de pão, alocados em várias cidades do Norte do país.                                                                             Assim, em 1983, António abria a primeira loja em Guimarães, com o conceito “Pão Quente”.                                                                                                                                             Estes postos de venda ao público seriam inovadores e pioneiros no que respeita ao conceito. A loja passa então a não depender da produção central e a produzir na loja produtos de padaria e pastelaria, colocando ao dispor dos clientes, fornadas de produto quente, a sair do forno ao longo do dia.

A empresa passou inicialmente a ser conhecida pelo “Pão Quente Celeste” e mais tarde ao nome actual “Grupo Celeste”.                                                                                                   A paixão pela arte da panificação foi acompanhada pela família de António  e desta forma, os seus testemunhos e valores foram transmitidos para a 2ª geração que em 2003 assume a gestão do Grupo Celeste.                                                                                 De visão empreendedora e dinâmica, aliada ao forte know-how do negócio, acompanhada de uma determinação irrepreensível, a nova geração não se limitou a replicar o negócio até então existente.                                                                                       Em 2005 iniciou uma forte aposta na indústria e em 2013 na internacionalização.

P4
12744061_1134709209902556_8184802622085176252_n

Em Portugal, para além da rede de lojas no Norte do país, o Grupo Celeste conta com duas unidades industriais que lhe permite estar entre os mais reconhecidos fornecedores da grande distribuição.                                                                                          A sua expansão estendeu-se também além-fronteiras. O Grupo está desde 2013 implementado no Luxemburgo, com 1 unidade industrial, um supermercado, dois restaurantes e duas padarias, tornando o nome do Grupo Celeste num ícone de referência e um líder de mercado na produção e distribuição de produtos portugueses no país.

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

CELESTE ACTUAL S.A.

SEDE: Rua dos Estoleiros, Polvoreira | 4835-163 Guimarães, Portugal

TELEFONE: +351 253 520 460 | FAX: +351 253 523 831 | GPS: 41.418503, -8.305940

Resolução de Conflitos de Consumo Empresa Não Aderente
Em caso de litígio o consumidor pode recorrer a uma das Entidades de Resolução Alternativa de Litígios:
CIAB – Tribunal Arbitral de Consumo Rua D. Afonso Henriques,1,4700-030 Braga – Tel: 253 617 604– Fax: 253 617 605– email: geral@ciab.pt www.ciab.pt
Centro de Arbitragem de Conflito de Consumo do Vale do Ave/Tribunal Arbitral Rua Capitão Alfredo Guimarães,1 – 4800-019 Guimarães – Tel: 253422410 – Fax: 253422411 – email: triave@gmail.com www.triave.pt
CICAP – Centro de Informação e Consumo de Arbitragem do Porto Rua Damião de Gois,n.º 31,loja 6,4050-225,Porto – Tel: 351 22 550 83 49 / 351 22 502 97 91– email: cicap@cicap.pt – www.cicap.pt
CNIACC- Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa Campus de Campolide 1099-032 Lisboa Tel: 21 384 74 84 –– email: cniacc@fd.unl.pt www.arbitragemdeconsumo.org/
Mais informações em Portal do Consumidor www.consumidor.pt